sábado, 4 de outubro de 2008

coisas que falam sobre coisas: fire coming out of a monkey's head (gorillaz) *traduçao

"era uma vez, ha muito tempo, nos pehs de uma grande montanha
havia uma cidade onde o Povo Feliz morava.
sua propria existencia um misterio para o resto da humanidade.
obscurecidos por enormes nuvens,
aqui eles levavam suas vidas pacificas,
inocentes dos barulhos, excessos e da violência
que estava crescendo mundo afora.
viver em harmonia com o espirito da montanha chamado Macaco
era suficiente.

entao um dia
o Povo estranho chegou a cidade
eles vieram camuflados, escondidos atras de oculos escuros
mas ninguem os percebeu:
eles viam apenas sombras.
voce ve, sem a verdade dos olhos,
o Povo Feliz era cego.

pulando fora de avioes e se escondendo em buracos
a espera para o acaso vir, pessoas indo para casa.
pule nas costa deles e atire neles na cabeça.
agora todos dançando
a dança da morte.
a dança da morte.

a dança da morte.

com o tempo, Povo Estranho encontrou seu caminho
nas mais longes dependencias da montanha,
e foi aih que encontraram as cavernas
de inimaginavel sinceridade e beleza.
por sorte, eles tropeçaram no lugar
onde todas as boas almas vao descansar.
os estranhos guardaram suas joias nessas cavernas,
acima de todas as coisas,
e depois eles começaram a garimpar na montanha.
foi a riqueza que estimulou o caos do seu próprio mundo.
entretanto, abaixo na cidade,
os Felizes dormiam inquietamente.
seus sonhos foram invadidos por figuras sombrias fora de suas almas.
a cada dia, pessoas acordariam e subiriam a montanha.
por que isso estava trazendo as trevas na vida deles?
e a cada vez que os Estranhos garimpavam mais e mais fundo na montanha buracos começaram a aparecer,
trazendo com eles um frio e amargo ventom,
que congelou as suas almas.
pela primeira vez, os Felizes sentiram temor
por eles saberem que mais tarde
o Macaco logo acordaria de seu sono profundo.
e entao veio um som.
distante primeiramente, isso cresceu uma catastrofe tao imensa
que pode ser ouvida distante no espaço.

nao haviam mais gritos. nao havia mais tempo.
a montanha chamada Macaco tinha falado.
havia apenas fogo
e depois,

nada.

oh, pequena cidade dos EUA, chegou a hora de ver.
nao ha nada que voce acredite, que voce queira,
mas onde estava voce quando tudo isso caiu em cima de mim

voce me chamou agora?"