sábado, 24 de maio de 2014

Cartas para ela 2014 #01 - A Prisão do Desejo

A PRISÃO DO DESEJO

GABRIEL W. TUDOR

Tua pele exerce uma força e libido que me atrai
E que uma tola conveniência obriga a resistir.
Verdade dita, tarefa difícil de realizar.

A língua que quer expressar o que o corpo sente
É impedida pela barreira dos dentes e a boca cala.

A garganta que engasga, encarcera a vontade
Que quer encontrar a liberdade
E te agarrar com braços poderosos.

Para logo em seguida se desfazer a cada beijo,
Desferidos como as garras de um animal faminto.

Eis aí a aspiração de todo desejo:
Jogar-se ao mar revoltoso de seus próprios delírios
E se afogar.

Viver em intensidade e então,
Sublimar.

>>>