sábado, 23 de novembro de 2013

Diários de Óculos #05 - O vulto no escuro

O sobrenatural foge de mim tanto quanto tenho propensão a busca-lo, mesmo não tendo a mínima ideia de como reagirei caso este encontro ocorra um dia.

Então me pergunto: como escrever sobre algo tão fascinante para mim sem nunca o ter vivenciado mesmo em seus níveis mais superficiais?

A curiosidade que move os passos que não se consegue impedir, o calafrio diante do sussurro ou da sombra momentaneamente inexplicáveis.

-MWXS