domingo, 30 de maio de 2010

cartas para yaya: palavras debruçadas sobre palavras

para Y.

as vezes tenho em mim o que nunca tive antes... ou serah que jah o possuia? ou ainda, me possuia?

as vezes tenho em mim uma confusao de certezas... uma loucura mais lucida e uma explosao de calor que me causa calafrios por todo o corpo.

as vezes eh isso e no restante do tempo sao as outras coisas. as vezes sao outras coisas e o todo o demais eh voce.

palavras se desdobram sobre palavras e no fim nao passam disso: um aglomerado de caracteres desesperados para fazer algum sentido em conjunto, conscientes de sua natureza efemera perante aos sentimentos que tentam representar....


do M.